Muita gente, não só os iniciantes mas também a galera mais veterana se pergunta qual bike escolher para um pedalada. Assim, o Bike do Sul lhe apresenta as principais diferenças não sóo das modalidades speed e MTB mas também a modalidade passeio, a qual, normalmente, é a porta de entrada para o início no ciclismo.

 

SPEED ou CICLISMO DE ESTRADA

São as bikes mais rápidas, principalmente pelas suas características de aerodinâmica, geometria, leveza, pouco “arrasto” e atritos.

A posição de pilotagem do ciclista não é das mais favoráveis. O banco, ou selim, faz parte do conjunto aerodinâmico e normalmente fica mais alto que o guidão justamente para o ciclista ficar mais inclinado. Dores lombares e pescoço são comuns no início, até que o ciclista se acostume. As bikes de estrada, como o próprio nome diz, são bikes para percorrer longas distâncias em tempos mais curtos, justamente por serem mais rápidas. Porém, não são indicadas para terrenos mais acidentados, algum tipo de pavimentação que não seja de asfalto, e ainda, para o uso diário. É muito comum nos ciclistas que pedalam nesta modalidade, estarem mais focados no desempenho, na determinação do que nas paisagens que o trajeto contempla.

MTB ou MOUNTAIN BIKE

São as bikes mais comuns e adeptas da maioria dos ciclistas. Permitem o trânsito em qualquer tipo de terreno mas, são mais lentas que as Speed. As MTB são muito utilizadas por ciclistas que querem conhecer lugares e caminhos que só a bike poderia lhe levar. Paisagens, trilhas, mato, cachoeiras. São bikes muito confortáveis principalmente pelos avançados sistemas de amortecimento, justamente para o ciclista enfrentar os terrenos mais acidentados. Falando em terrenos acidentados, vale ressaltar que a bike, quando muito “abusada” nestes terrenos, exige uma manutenção mais rigorosa que as speed. Muitos iniciantes adquirem uma MTB para iniciar no pedal e também para uso urbano.

 

PASSEIO

Os ciclistas normalmente iniciam nesta modalidade e quando sentem um preparo físico mais “aguçado” partem para as modalidades mais competitivas.

O passeio citadino, giro pelo parque, passeios em família, são características desta modalidade. Trazem muitos benefícios para a saúde, além de serem anti-stress, tiram o sedentarismo do corpo de muita gente! É uma modalidade mais barata, haja visto que não exige grandes equipamentos  e as bikes desta modalidade, conhecidas como urbanas ou confort,  também são mais baratas, além de, estando limpinhas e lubrificadas, também não exigem grandes manutenções. Muitos adeptos utilizam protetores na correia e para-lamas nas rodas, pois em caso de alguma poça de água, não respingar na roupa.

 

Então, conhecendo um pouco mais sobre os tipos mais comuns de bike, faça sua escolha, pedale muito, divirta-se, faça amizades e compartilhe essa ideia!